Pesquisar este blog

Carregando...

Babilônia dos dias atuais

A Nova Ordem Mundial está chegando!
Você está preparado?
  • Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!
  • Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma
  • Agora você está com a "THE CUTTING EDGE"

Aqui é David Bay, diretor de Old Path Ministries.

E este é The Cutting Edge, um programa de rádio dedicado a exortar e informar o povo de Deus. Estamos comissionados ao estudo e exposição da imutável e inspirada Palavra de Deus. As visões expressas são nossas e não são necessariamente compartilhadas por esta emissora.
Nossa sociedade está se deteriorando e os cristãos que crêem na Bíblia não estão bem preparados para enfrentar essa deterioração. Este programa de rádio tem como objetivo preparar o povo de Deus para enfrentar os desafios do momento em que vivemos e encorajar a obediência radical à Palavra de Deus, separando-se do mundanismo e da falsa doutrina.
A falência moral da nossa sociedade é reconhecida por todos.
Poucas pessoas compreendem por que falimos moralmente. No entanto, quando olhamos para a sociedade por meio dos olhos de Deus, por meio da Bíblia, podemos facilmente compreender a razão de estarmos enfrentando problemas sem precedentes. O estudo da nossa sociedade por meio dos olhos de Deus é o que sempre tentaremos fazer aqui.
Desde o início do nosso programa de rádio, temos mostrado os EUA que muitos não conhecem. Mostramos como essa nação rejeitou seu fundamento original de valores da cultura judaico-cristã e o substituiu pelos valores satânicos. Esse simples ato resultou em muitos outros problemas com os quais estamos lutando hoje: divórcio e desestruturação da família tradicional, drogas, álcool, crimes de todos os tipos, aceitação da homossexualidade e muitos outros. Devido a essa negação de seus valores cristãos originais, os EUA são merecedores do julgamento físico de Deus.
Também desde o início, mostramos como os EUA lideram o mundo na Nova Ordem Mundial, que é a Grande Tribulação descrita na Bíblia. Como sabemos, a Bíblia chama a Grande Tribulação de o maior tempo de julgamento de Deus sobre todo o mundo que a humanidade já viu, acoplado com a mais cruel campanha de extinção já executada por qualquer líder em qualquer lugar ou em qualquer época. Logicamente, esse líder é o Anticristo, a quem os seguidores da Nova Era chamam de Maitréia.
Se estivermos realmente no fim dos tempos, como acreditamos que estamos, sabemos que estamos caminhando para o julgamento de Deus. Finalmente, sabemos dos planos da Nova Ordem Mundial para reorganizar o mundo em dez supernações imediatamente após estabelecer oficialmente as Nações Unidas como o Governo do Mundo Unificado. Esse ato será o cumprimento literal da profecia dos dez dedos (Daniel 2:28-48) e a profecia dos dez reis (Daniel 7:1-28). Deus diz nessas profecias que três dessas dez nações serão imediatamente destruídas depois do mundo ser reorganizado. Essa destruição é tão completa, que parece uma guerra, o que é consistente com as revelações de Deus referentes aos eventos da Grande Tribulação.
De acordo com o plano de reorganização da Nova Ordem Mundial, os EUA farão parte da supernação América do Norte, juntamente com o Canadá e com o México. A América será uma dessas três supernações que serão destruídas? Hoje, mostraremos em detalhe, que os EUA podem ser a Babilônia Econômica de Apocalipse 18. Acreditamos que essa profecia encaixa-se como uma luva ao nosso país, tão precisamente que não poderia referenciar a nenhuma outra nação na Terra.
Apocalipse 18 descreve destruição por fogo — fogo de Deus — de "Babilônia a Grande", um sistema iníquo que provocou grandemente a ira de Deus.

Precisamos comparar a "Babilônia do Capítulo 17 e a Babilônia do Capítulo 18. Essas duas Babilônias não são a mesma pelas seguintes razões:
1.    "E depois destas coisas..." [18:1] Os eventos aqui descritos não ocorrerão até que os eventos do Capítulo 17 sejam cumpridos;
2.    Os nomes nos dois capítulos são diferentes. A 'Babilônia' no Capítulo 17:5, chama-se 'Mistério, Babilônia, a Grande, a mãe das prostituições'. Sabemos que essa Babilônia é religiosa por causa das palavras 'mistério' e ´mãe das prostituições'. No entanto, o termo em Cap 18:2 é simplesmente 'a grande Babilônia'. A Babilônia do Cap 18 é uma Babilônia comercial;
3.    Babilônia, a meretriz do Capítulo 17 será destruída pelos reis (os governantes) da Terra. A Babilônia do Capítulo 18 será destruída pelos juízos cataclísmicos de Deus;
4.    A Babilônia do Capítulo 17 será destruída pelos reis da Terra, que se alegram com a destruição. No Capítulo 18, porém, os reis e os mercadores da Terra lamentam e choram por causa da destruição de Babilônia. (18:15-19);
5.    Finalmente, o senso comum nos diz que, uma vez que algo é destruído, está acabado. Para que as Babilônias dos Capítulos 17 e 18 sejam a mesma, o sistema teria que ser destruído duas vezes. Isso não faz sentido.

Vamos agora iniciar nosso estudo, verso por verso:
O ANJO CELESTIAL QUE EXECUTA OS JUÍZOS DE DEUS POSSUI GRANDE PODER E AUTORIDADE
"E depois destas coisas vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder, e a terra foi iluminada com a sua glória."
Evidentemente, Deus outorgou um poder especial a esse anjo — daí as palavras "que tinha grande poder". [18:1].

ESTA NAÇÃO BABILÔNIA TORNOU-SE MORADA DE DEMÔNIOS
"E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e covil de todo espírito imundo, e esconderijo de toda ave imunda e odiável." [18:2].
Essa Babilônia tornou-se habitação de Satanás e de seus demônios. Lembra das nossas discussões anteriores sobre pecados vis e repugnantes, que são estimulados por atividade demoníaca? Esses pecados tornaram-se tão generalizados que Deus finalmente passou para o julgamento físico.
Este país é o PAÍS CENTRAL NO MUNDO.

"Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias." [18:3].
Essa é outra afirmação poderosa. Esta cidade/país é a NAÇÃO CENTRAL no mundo no seu tempo.
•    Os homens de negócio de outros países enriqueceram-se excessivamente com seu comércio com Babilônia;
•    Babilônia deve ser a nação mais rica da terra;
•    Babilônia possui uma abundância de dinheiro e está tão disposta a gastá-lo que esse processo enriquece os líderes e os empresários de todo o mundo;
•    Babilônia é um país consumista sem igual, está repetidamente comprando, usando, descartando e comprando novamente;
•    Muitos cidadãos babilônios compram artigos supérfluos: automóveis de luxo, aparelhos de TV, videocassetes, casacos de pele, roupas de grife, brinquedos e iates.
Considere a LIDERANÇA. Babilônia é claramente a líder mundial em duas áreas simbolicamente mencionadas. (1) Vinho — valores, idéias, cultura. (2) 'Luxúrias' são comerciais. O mundo atingiu este ponto — com os EUA.
O editor de Nova Era do jornal USA Today descreve essa tendência:
Comunicações globais, tendências universais, e aspirações comuns estão nos tornando mais parecidos do que diferentes. Estamos gradualmente nos tornando em um mundo unificado.
Mais e mais pessoas estão:
•    Comendo a mesma comida;
•    Lendo os mesmos livros;
•    Assistindo os mesmos filmes;
•    Ouvindo a mesma música;
•    Divertindo-se com os mesmos esportes;
•    Compartilhando os mesmos sonhos e inclinações;
•    Compartilhamos a tecnologia;
•    Compartilhamos o transporte de alta velocidade...

"Muito do terreno comum vem da DIVULGAÇÃO GLOBAL DA CULTURA popular norte-americana — que se tornou a cultura de TODOS... É uma rede MUNDIAL de experiência compartilhada."
A definição bíblica de 'idolatria': 1 João 5:21: "Filhinhos, guardai-vos dos ídolos" — os falsos deuses, literalmente significa, de qualquer coisa que ocupe o lugar que Deus deveria ocupar no seu coração, de qualquer tipo de SUBSTITUTO para Ele, que deveria receber o PRIMEIRO lugar em sua vida.
O que os EUA exportam para todas as nações da terra? Exportamos nossa cultura popular, com seus valores da supremacia do indivíduo e da satisfação pessoal, completa e instantânea. Exportamos a todo o mundo nosso deus, que é a satisfação do próprio eu.

DEUS CHAMA SEU POVO PARA FORA DE BABILÔNIA ANTES DE EXECUTAR O JUÍZO
"E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas." [18:4].
Essa mensagem é claramente uma exortação ao povo de Deus para deixar de participar da impiedade desta sociedade, e escapar da ira de Deus que está prestes a ser derramada. Os crentes precisam sair de seus empregos, reduzirem o padrão do estilo de vida, ou mudar seus objetivos de vida. Muitos cristãos hoje estão fazendo vista grossa para o pecado em suas vidas. Eles podem estar trabalhando em uma loja de bebidas, ou em uma loja de artigos 'para adultos somente'. Se a natureza do seu trabalho requer que você participe no pecado, então precisa sair desse emprego, ou enfrentar a certeza do julgamento eterno de Deus.
Também implícito nessa passagem é que as condições de vida parecerão ser normais, até que o juízo de Deus seja executado em um único dia. [Lucas 17:28-30].
Aqui está o PRINCÍPIO do julgamento de Deus: Ele fará repetidos convites ao arrependimento antes da destruição. No entanto, ele já definiu um dia ESPECÍFICO para a destruição. Esse dia amanhecerá como qualquer outro — o sol vai nascer; o céu terá seu aspecto normal; as pessoas irão à escola ou ao trabalho; os congestionamentos de trânsito ocorrerão da forma normal; os escritórios e as fábricas estarão operando; os trens, aviões e ônibus estarão circulando; o centro financeiro em Wall Street estará agitado.
Este dia em que os juízos de Deus serão derramados parecerá um dia absolutamente normal. Não haverá nenhum sinal visível e especial.
E a destruição será total.

OS PECADOS DE BABILÔNIA SE ACUMULARAM ATÉ AOS CÉUS E DEUS SE LEMBROU DOS ATOS INÍQUOS QUE ELA PRATICOU
"Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela." — [18:5; chegou a hora do juízo].
Essa é uma afirmação de tremendas proporções. Qual é a distância da terra até o céu? Quando esses pecados são empilhados, literalmente vão da terra ao céu, de acordo com o modo de Deus contar.
Deus DOBRA a Punição que Esta Nação Receberá
"Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro." [18:6].
Nossa destruição será por explosões nucleares e terremotos. Einstein provou claramente que uma pequena explosão nuclear no lugar certo em uma falha geológica produziria terremotos de tal magnitude que poderiam abalar um continente inteiro. A América do Norte tem muitas dessas falhas geológicas. Assim, os EUA terão uma destruição dupla, como Deus disse. Nossa destruição será por explosões nucleares simultâneas e um gigantesco terremoto.
Além disso, compreenda o raciocínio de Deus em dobrar a punição dos EUA. Nosso país tem liderado o caminho na criação e disseminação de mentiras espirituais e o amor ao mundo, para nossos filhos e para as crianças de todo o mundo. Essas crianças depois atingem a idade adulta e passam esses valores não-cristãos para a próxima geração.

Quantas almas eternas de crianças já foram perdidas por meio de:
•    Ensino humanista nas escolas públicas, nas quais não existe lugar para Deus;
•    Alcoolismo;
•    Drogas;
•    TV;
•    Filmes no cinema e em vídeo;
•    Jogos que utilizam instrumentos de mediunidade; o jogo Dungeon and Dragons (A Caverna do Dragão);
•    Música Rock, com todos seus temas terríveis;
•    Música popular, com seus temas que glorificam a bebida e as canções que estimulam as paixões sensuais.

A liderança dos EUA nesses pecados acabaram levando milhões, talvez bilhões de almas preciosas para o inferno. Não é por menos que Deus manda "dobrar" a punição.
BABILÔNIA ORGULHA-SE DE SUAS RIQUEZAS, ACREDITANDO QUE CONTINUARÁ PARA SEMPRE NA PROSPERIDADE
"Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto." [18:7].
Muitos de meus amigos acreditam que essa boa vida nunca terminará. Certamente, os muito ricos acreditam nisso de todo o coração. Os americanos ainda lideram o mundo na riqueza de seus empresários.

O número de bilionários por país:
•  EUA: mais de 40
•  Japão: 24
•  Alemanha: 13
•  Reino Unido: 7
•  Hong Kong: 6
•  Canadá: 6
•  Arábia Saudita: 5.

Os empresários norte-americanos ainda detêm a maior parte da riqueza do mundo. Qual é a atitude dos americanos em relação a essa riqueza? Acreditam que não precisam de mais nada e que os bons tempos nunca acabarão.
Esta passagem bíblica também implica que, no tempo do julgamento de Deus, este país estará no AUGE do seu poder e influência monetária. Os EUA estão no ápice agora, ou estamos em sério declínio?
"... O americano mediano NUNCA VIU AS COISAS TÃO BOAS. Por quase qualquer medida de saúde e riqueza... estamos comprovadamente melhores agora do que nos anos 50 e 60.
•    Nossa renda está aumentando ano após ano;
•    Temos mais oportunidades de emprego;
•    Podemos escolher mais produtos para comprar;
•    O americano mediano tem o dobro do poder de compra que tinha em 1962, apesar da inflação e dos maiores impostos;
•    Os benefícios trabalhistas são duas vezes maiores do que eram 35 anos atrás;
•    Contando os subsídios governamentais, 1 em 10 americanos hoje é pobre, versus 1 em 5 em 1960;
•    A expectativa de vida aumentou em 5 anos;
•    A mortalidade infantil... caiu 50% durante os anos 70 e 80. Um número menor de adultos morre de doença cardíaca ou em acidentes. Os custos de tratamento médico tiveram uma grande elevação, mas muito mais pessoas conseguem obtê-lo com o Medicare, Medicaid... bem como um amplo guarda-chuva de planos de saúde particulares... 85% da população tem alguma forma de cobertura, em comparação com 70% em 1962. Os americanos pobres conseguiram os melhores ganhos.";
•    Uma família média precisa de 23 semanas da sua renda para comprar um carro médio hoje, versus 26 semanas em 1960;
•    A moradia própria é hoje mais cara que em 1960... porém mais pessoas conseguem financiá-la.
"Os idosos nos EUA trabalham menos e vivem mais e, ao mesmo tempo, estão mais saudáveis e mais independentes do que nunca antes... os idosos formaram um patrimônio nos fundos de pensão que nenhuma outra geração na história teve na sua velhice."
Os EUA estão agora no auge do poder econômico, embora enfrentemos situações localizadas de recessão e perda de empregos.

OS JUÍZOS DE DEUS CAEM EM UM ÚNICO DIA, DESTRUINDO BABILÔNIA COMPLETAMENTE
"Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga." [18:8].
Neste ponto, considere a afirmação de Deus em Jeremias 50:25:
"O SENHOR abriu o seu depósito, e tirou os instrumentos da sua indignação..."
Impressionante!! Deus usa homens e nações para cumprir Sua vontade na maioria das vezes em que derrama sua ira.
Historicamente, nenhuma nação foi totalmente destruída em um único dia. A destruição de Hiroshima e Nagasaki, que foram arrasadas por artefatos nucleares primitivos foi na verdade uma destruição que ocorreu dentro de UMA SÓ HORA. Ao olharmos para o verso 10, Deus nos diz que a destruição de Babilônia ocorrerá em uma só hora. A natureza da destruição nuclear é completa, de profunda devastação, dentro de segundos e minutos. Essa destruição ocorre com explosões, radiação e fogo de temperatura mais alta que a superfície do sol.
Esta é a primeira e única vez na história do mundo que uma nação INTEIRA será destruída em uma só hora — com armas nucleares maciças.
OS LÍDERES DA TERRA LAMENTAM A DESTRUIÇÃO DE BABILÔNIA
"E os reis da terra, que se prostituíram com ela, e viveram em delícias, a chorarão, e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio." [18:9].
Esta nação forneceu grande liderança e era a locomotiva econômica do mundo. Os líderes mundiais choram porque essa perda ameaça sua própria riqueza. Os EUA compram de todos os outros países do mundo em uma escala tão importante?
"...O Terceiro Mundo depende dos EUA para vender 65% de suas exportações de manufaturados, em comparação com 45% em 1979".
Os EUA importam mais que o Japão e a Alemanha juntos. Lembre-se das palavras de Jesus "... ninguém mais compra a sua mercadoria...".

A tabela a seguir mostra os valores de exportações e importações:


Lembre-se, a chave para esta profecia está nas importações que fazemos dos outros países. Essa Babilônia Econômica sem dúvida tem um grande déficit comercial, pois importa mais mercadoria do resto do mundo.
Finalmente, veja as palavras "fumaça do seu incêndio" — inevitáveis nuvens de fumaça formadas por uma explosão nuclear.
OS MERCADORES DA TERRA PRANTEIAM O DESTINO DE BABILÔNIA. DESCRIÇÃO DA COMPLEXIDADE DA ECONOMIA DE BABILÔNIA
"Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande Babilônia, aquela forte cidade! pois numa hora veio o seu juízo. E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra; porque ninguém mais compra as suas mercadorias." [18:9-10].
Deus então descreve a extensão da economia da nação, e é imensa. Não temos tempo para ler o texto em detalhe, mas o encorajamos a fazer isso, nos versos 12 a 14.
O pronunciamento do julgamento de Deus é severo:
"E o fruto do desejo da tua alma foi-se de ti; e todas as coisas gostosas e excelentes se foram de ti, e não mais as acharás... porque numa hora foram assoladas tantas riquezas."
Agora considere alguns pontos pertinentes dessa passagem:
I. Nos versos 10 e 15, Deus diz que os reis e os mercadores "estando de longe" em sua imensa lamentação sobre o desaparecimento dessa grande nação. Olhe o mapa do mundo. O continente norte-americano é CERCADO de todos os lados pelos oceanos. A grande maioria do nosso comércio é feita com duas partes importantes do mundo — a Ásia para o oeste, pelo Oceano Pacífico; e Europa, para o leste, pelo Atlântico.
Verso 11: Esta grande nação era singular. Somente ela comprava tal quantidade grande de mercadorias das outras nações do mundo. Nenhuma nação a poderá substituir.
II. Somente os EUA são EXTREMAMENTE DEPENDENTES das compras dos consumidores para a saúde de sua economia. Dois-terços da nossa atividade econômica total é gerada por gastos do consumidor.

Outras estatísticas que mostram claramente que os EUA são singulares na economia mundial:
Compare a riqueza das nações em termos da paridade do poder de compra (PPC). Atribua aos EUA um índice de referência de 100... A seguir estão os índices relativos de outros países:




III. A perda dos EUA será devastadora para a economia mundial. O mundo perderá a agricultura MAIS PRODUTIVA e de exportação. Haverá fome no mundo em conseqüência da destruição dos EUA.
Voltando ao Apocalipse 6:4: o segundo cavaleiro estava montado em um cavalo vermelho; esse cavaleiro recebeu uma grande espada e traz grandes guerras sobre a terra, para que os homens se matem uns aos outros. Se compreendermos que essa grande matança foi a total destruição do Canadá e dos EUA no Capítulo 18, então facilmente podemos ver como Apocalipse 6:5-6 e 6:8 podem ser cumpridos literal e rapidamente. Apocalipse 6:5-6 descreve fome e vida no limite da subsistência para a população mundial. Esse cenário certamente ocorrerá rapidamente, depois que o continente agrícola mais produtivo e a locomotiva econômica mais importante forem destruídos.
Instantaneamente após a aniquilação nuclear da América do Norte, os mercados de ações da Europa, Ásia e América do Sul entrarão em colapso, levando a economia global à mais profunda de todas as depressões.
O cumprimento literal de Apocalipse 6:8 seguirá rapidamente: fomes, pragas, doenças.

A economia desta grande nação é descrita em 18:12-13,16, como uma economia vasta e multifacetada. A ênfase principal está no volume de mercadorias que essa economia importa:
•    O ferro é especificamente mencionado;
•    Essa economia também compra e vende produtos de luxo: perfumes, incenso, ungüentos;
•    Uma economia agrícola imensa também é descrita:
•    Farinha e trigo;
•    Gado, ovelhas, cavalos;
•    Essa economia também importa e exporta 'carros'. Nossos modernos veículos de transporte -- carros, caminhões, aviões, ônibus, tratores. A importação/exportação desse tipo de produto na economia americana é enorme.

OS CAPITÃES DOS NAVIOS, E SUAS TRIPULAÇÕES PRANTEIAM O DESTINO DE BABILÔNIA
"E todo o piloto, e todo o que navega em naus, e todo o marinheiro, e todos os que negociam no mar se puseram de longe; e, vendo a fumaça do seu incêndio, clamaram, dizendo: Que cidade é semelhante a esta grande cidade? E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamaram, chorando, e lamentando, e dizendo: Ai, ai daquela grande cidade! na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência; porque numa hora foi assolada." [18:17b-19].
Babilônia era singular porque importava/exportava a maior parte dos produtos do seu comércio pelo mar. Como já dizemos, somente os EUA têm uma situação geográfica que lhes permitem enviar seus produtos tanto para o oriente quanto para o ocidente pelo mar.
Em 18:9,15,19: os líderes, mercadores, e comandantes dos navios vêem a fumaça do incêndio dessa nação. Nem mesmo os imensos pilares de fumaça nuclear branca, poderiam ser vistos a olho nu, a 3 ou 6 mil quilômetros de distância. Essa visualização da fumaça de distâncias tão grandes somente podem ocorrer hoje com as transmissões de TV de satélites em órbita.

BABILÔNIA SERÁ DESTRUÍDA COM GRANDE VIOLÊNCIA, COMO SE UMA GRANDE PEDRA DE MOINHO FOSSE LANÇADA NO MAR
"E um forte anjo levantou uma pedra como uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, aquela grande cidade, e não será jamais achada." [18:21].
A destruição desta nação será evidentemente com VIOLÊNCIA SEM PARALELOS, produzindo uma destruição sem similar na história mundial.


TUDO O QUE CARACTERIZA UMA CIVILIZAÇÃO É DESTRUÍDO
"E em ti não se ouvirá mais a voz de harpistas, e de músicos, e de flautistas, e de trombeteiros, e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e ruído de mó em ti não se ouvirá mais; e luz de candeia não mais luzirá em ti, e voz de esposo e de esposa não mais em ti se ouvirá..." [18:22-23A].

OS HOMENS DE NEGÓCIO DE BABILÔNIA SERÃO DESTRUÍDOS POR CAUSA DO MODO COMO SEDUZIRAM OS OUTROS
"... porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias." [18:23b].
Os Estados Unidos da América lideram o mundo na entrada na satânica Nova Ordem Mundial, tanto em termos de política nacional e liderança econômica, mas principalmente na liderança dos valores. Em todo o mundo, as pessoas procuram copiar o estilo de vida americano, pois ficam admirados com nossa riqueza, sucesso e poder. Essa posição leva as pessoas a imitar, fazendo com que elas mesmas sejam enganadas.
É o que está acontecendo hoje.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...